Índices revelados na terceira edição do Boletim Observatório do Turismo, da SPTuris, mostram que os segmentos de aviação e hotelaria cresceram de maneira significante durante o mês de junho. Os dois nichos citados tiveram alta acima de 200% em movimentação de passageiros, no caso da segmento aéreo, e taxa de ocupação, nos meios de hospedagem do Estado.

AVIAÇÃO
Segundo informou o relatório da SPTuris, o número total de passageiros que embarcam e desembarcam nos três principais aeroportos de São Paulo (Congonhas, Guarulhos e Viracopos) superou a barreira dos 2,9 mil no mês, o que representa alta de 266,8% sobre os pouco mais de 800 que passaram pelos mesmos terminais em junho de 2020.

Na comparação com 2019, porém, o indicativo é 48% inferior.

No acumulado do primeiro semestre do ano, o número de passageiros que embarcam e desembarcam nos três aeroportos foi 11,5% menor que no mesmo período de 2020 e 54,3% menor quando comparado com o período de 2019.

MEIOS DE HOSPEDAGEM
Também apontada na pesquisa, a taxa de ocupação dos hotéis no mês de junho de 2021, que chegou a 39%, cresceu 234,7% em relação ao mesmo mês de 2020. Apesar de expressivo, contudo, o número é relativizado pela SPTuris, que faz questão de frisar que a base de comparação (junho do anos passado) é a pior taxa do ano de início da pandemia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.